Novidades

17 de maio de 2016

Possessão ou Esquizofrenia? ( O que aconteceu com Anabela Bianca ? )

possessão demoniaca


Morava em uma cidade pequena onde todos se conheciam e viviam de bem com a vida, tudo era tranqüilo e calmo por ali, nada de errado acontecia naquela pacata cidade à rotina das pessoas eram as mesmas e tudo funcionava perfeitamente, sem violência, escândalos, badernas e fofocas ou noticias extravagantes. Porem certo dia algo muito estranho aconteceu com uma moradora da cidade e outros que acabaram envolvidos.  Era festa da padroeira da cidade e todos estavam ali reunidos, Anabela uma menina com supostos problemas mentais estava ali observando tudo e calada como sempre em seu canto segurando sua boneca, uns se divertiam, outros namoravam e provavam da culinária local, ate que Anabela começou a chorar e a rir ao mesmo tempo, muitos repararam, mas não deram atenção, alguns afastaram de medo, pois a garota sofria com alguns ataques epiléticos e esquizofrênicos, outros por puro preconceito saíram de perto foi quando de repente ela caiu no chão se debatendo os mais próximos correram para socorrer chamaram pelo seu nome inúmeras vezes e nada de resposta, até que Anabela parou de se contorcer, as pessoas assustadas pensaram no pior que talvez tivesse acontecido algo de mais grave, a menina parecia morta, Anabela então começou a rir debochadamente a multidão ao redor não sabia o que estava acontecendo até que Patrick um amigo mais próximo sabendo do problema aproximou e começou a conversar com ela, foi quando ela começou a se contorcer no chão e a emitir grunhidos nada humanos, o pessoal ficou desesperado com tal situação tentaram a segurar e ela enrijeceu todo corpo, os que encostaram nela sentiram seu corpo em chamas , Patrick nunca tinha visto nada igual e conhecia a garota a anos, ela começou a proferir palavras de um dialeto não conhecido, a ambulância chegou, mas não conseguiram ajudar a menina estava agressiva e imóvel , foi quando chamaram o padre para fazer uma oração para ela , ao se aproximar Anabela lançou um olhar ao padre que sentiu se mal instantaneamente e começou a vomitar , ela começou a rir e dizer palavrões em português , assustado o padre se recompôs começou a orar e com água benta e uma cruz aproximou , assim que a água benta caiu em sua pele Anabela começou a gritar que estava queimado e que aquilo fedia  “ Esta fedendo , para , isso queima seu porco imundo, isso fede seu excomungado” dizia ela com uma voz rouca e monstruosa , as pessoas ao redor ficaram Impressionados a pedido do padre começaram a se afastar, estariam eles presenciando uma exorcismo ou seria apenas um problema de crise, o padre começou a conversar com a garota que dizia que não morava ali, que sua casa era em uma floresta próximo a cidade e que não tinha nenhuma Anabela ali mais e que eles já o conheciam há anos e que seu nome não era mais mistério, o padre pegou seu crucifixo e levou ate o peito da garota que com um golpe o lançou longe , os mais fieis e corajosos tentavam segurar, enquanto o padre orava e fazia suas preces , um dos que tentavam segurar foi atacado e teve parte da sua perna rasgada pela unha da garota . À medida que o tempo passava as coisas ficavam mais estranhas a pele da garota ficou pálida e ressecada, sua boca estava branca e seus olhos não eram olhos humanos, estava saltados para fora com as orbitas nítidas, em uma hora o padre começou a rezar o pai nosso em latim o ser que a possuía começou a proferir as palavras que o padre dizia e a rir de forma debochada de tudo aquilo e disse que jamais sairia daquele lugar , em um instante a garota levantou como se impulsionada e correu , tentaram acompanhar mas foi em vão. 





Começaram a procuraram pela garota a noite toda, o padre e a policia foram ate a floresta estavam fazendo uma busca e na madrugada da noite encontram uma caverna e dentro dela estava a garota pendurada de braços abertos em um tronco já sem vida, o seu corpo estava marcado com escritas em latim “Hic qui adest, quod magna et habere haud” que foram traduzidas pelo padre “Eis que aqui estamos e pouco fizestes para ter essa que os deixou” o cheiro forte de enxofre tomava conta do local e estava insuportável ficar ali , o corpo foi levado. No velório algumas coisas estranhas aconteceram como ruídos emitidos da garota, pessoas rindo que foram obrigadas a se retirar do local. No dia do enterro o corpo da garota começou a surgir marcas estranhas e a cheirar mal de forma espantosa de forma que acumularam moscas rapidamente, foi enterrado rápido para evitar o pior. O local onde se encontra o tumulo de Anabela a grama ao redor morreu e toda flor que ali e colocada murcha quase que instantaneamente.

Se copiar colocar devidos créditos, obrigado !
Ass : Glaucow M Freitas