Novidades

15 de julho de 2016

A Canção de ninar


Um misterioso caso que chocou toda uma cidade, uma entidade se apega a uma familia, causando dor e destruição



Recém casados Adam e Jenny tinham comprado uma casinha simples no interior para passarem suas vidas juntas.  Em um belo dia decidiram ter um bebe porem não sabiam as conseqüências que isso iria trazer, após alguns meses com o nascimento do filho tudo começou a ficar estranho naquele local, no meio da noite a criança acordava chorando muito e misteriosamente uma musica de ninar começava a tocar fazendo com que o bebe adormecesse , os pais intrigados sempre que iam ver de onde vinha tal musica ela parava e nada encontravam , a musica parava misteriosamente da mesma forma que começava  . Em uma noite Adam levanta para ir ao banheiro e escuta uma voz vinda do quarto do bebe juntamente com a musica, ao aproximar nota uma figura próxima ao berço, algo que parecia uma mulher vestida de noiva, pois se via o véu e a grinalda e seu vestido longo e largo, ele fica assustado nota o interruptor próximo e acenda a luz a figura que ali estava desaparece como uma miragem, ele fica perplexo e coloca a criança na cama com ele e sua esposa para que fique mais segura porem a criança não para de chorar fazendo com que ele a volte para o berço, ainda cismado fica ali próximo de vigia por toda noite. A situação começara a piorar com o decorrer do tempo, o bebe não chorava mais, porem sempre que seus pais aproximavam e a musica cessava a criança chorava horrores, aquilo estava assustando a família que não sabia o que fazer, Adam via vultos pela casa e sempre que se lembrava da figura que vira ficava horrorizado. Certa noite Adam resolve ficar acordado para saber de onde vinha tal musica, enquanto Jenny estava dormindo ele caminhou ate o quarto do bebe que estava em silencio e a misteriosa musica tocava e à medida que se aproximava a musica parecia mais nítida como se alguém a cantasse no quarto, a cada passo escutava melhor a cantiga de ninar da qual a letra era vazia e não fazia sentido não pareciam palavras e sim gruídos e sussurros, uma voz rouca e arranhada de arrepiar, quando abriu a porta não viu nada , não tinha nada ali muito menos o bebe que havia desaparecido misteriosamente juntamente da voz misteriosa, desesperado procurou em todos os cantos e avisou sua mulher mas nada encontraram, alertou a policia que foi ate a casa , ao conversar com um dos policiais Adam ficou espantado ao saber que era o terceiro bebe que sumia na mesma casa e que aquilo tudo era um mistério a ser resolvido , nada fazia sentido para o casal ate os anos atuais o bebe era dado como seqüestrado assim como os demais . Os anos passaram e a perca da criança já não doía tanto, as coisas ficaram mais tranqüilas quando se mudaram e uma fabrica comprou o local.  A nova fabrica iria ter de mudar a estrutura do local e no meio da reforma ao abrirem um buraco no meio do quintal da antiga casa encontraram uma ossada humana, os ossos foram mandados para pericia e descobriram então que se tratava das crianças desaparecidas e outra ossada maior era de uma mulher que não foi identificado ate hoje. Muitos casos e lendas foram criados a partir de então, uma e que a ossada feminina pertencia a uma mulher que perdeu seus filhos durante o parto e após um tempo desgostosa da vida cometeu suicídio após matar seu marido e para cessar tal dor o seu espírito apossava das crianças que ali viviam, porem tudo não passa de historia, alem do mais a ossada do seu possível marido nunca fora encontrada.

Os filmes não criam psicopatas. Eles só os tornam mais criativos."

Stephen King ( O Mestre do Horror )


Se copiar colocar devidos créditos , Obrigado !


Ass : Glaucow M Freitas