Novidades

9 de dezembro de 2017

Os Fantasmas Da BR-381 "Rodovia Da Morte"



Era um fim de semana como outro qualquer, Enzo e seus amigos Sara ,Julio e Amanda saiam de Belo Horizonte rumo a cidade de Ipanema-MG , o pai de Enzo tinha uma fazenda no local e ele tinha a emprestado para o filho durante o fim de semana para levar seus amigos e comemorar seu aniversario .A viagem ocorria bem exceto pelo fato da chuva cair forte e do fluxo de carro ser intenso por conta do fim de semana e feriado prolongado na semana sequinte, eles cortavam a 381 uma das rodovias mais perigosas no Brasil ,quando de repente o carro morre de maneira misteriosa, assustados e apreensivos encostam o carro na margem da BR e sinalizam para evitar acidentes que são muito comuns no local. Como nenhum deles entendia nada de mecânica eles resolvem procurar um local para passar a noite já que estava tarde e ninguém parava para prestar ajuda ate mesmo por medo de ser alguma armação para um suposto assalto ou algo do tipo, Julio vai pela estrada a procurar de algum lugar para poderem passar a noite um hotel , motel ou ate mesmo alguma casa com alguma pessoa com boa fé para os acolherem ,enquanto isso os demais ficam a espera de ajuda ,Julio então volta correndo dizendo que tinha avistado uma casa próximo ao local onde o carro estava e que parecia ter alguém nela, convencidos eles largam o carro e correm até o local. 


Era uma casa abandonada a unica por perto por sinal, chegando la resolvem chamar por ajuda, porem não obtiveram respostas, até que um menino e uma menina aparecem em uma das janelas abruptamente e desaparecem, eles então continuam chamando, a ajuda demora a chegar mais quando estavam quase desistindo uma senhora aparece e então eles explicam o que aconteceu ,a senhora os convida para entrar e os recepciona de uma maneira muito boa e mostram então os quartos onde passariam a noite a velha senhora parecia triste uma aparecia melancólica e nada amistosa apesar de toda sua calorosa recepção aos convidados, ficam meio receosos ate mesmo por não a conhecerem, mas aceitam a unica ajuda que tinham. Todos então vão para seus respectivos quartos , no meio da noite Amanda começa a escutar gritos de agonia vindo da BR ela assutada levanta e resolve chamar por Enzo que estava no mesmo quarto e resolvem olhar o que pode estar acontecendo , ao abrirem a janela deparam com um menino no meio da estrada parado, eles o reconhecem era o mesmo garoto que aparecera na janela naquela noite, Amanda grita pro menino sair de la com medo de que o mesmo seja atropelado, enquanto Enzo corre para poder socorrer o menino mas ao chegar la não encontra nada , Amanda então resolve chamar a senhora da casa mas ao entrar em seu quarto não encontra ninguém nota que a cama estava arrumada como se quer uma pessoa estivesse deitado, então começam a pensar por onde aquela senhora estava já que não tinha nem 2h que foram se deitar, assustados Enzo e Amanda vão chamar Julio e Sara ao entrar no quarto dos dois eles avistam então uma garotinha parado em um canto do quarto chorando, assim que aproximam notam que a menina tinha uma feriada na cabeça muito profunda e a mesma começa a correr em direção a rua Enzo vai atras mas não consegue acompanhar, Julio e Sara acordam com os gritos de Amanda perguntam o que estava acontecendo Enzo então diz que não tem como explicar e diz que devem sair dali e procurar um mecânico e continuar a viagem que algo muito estranho estava acontecendo. 


Quando saem do lado de fora um carro se aproxima um homem de aproximadamente 40 anos avança em Julio perguntando o que estavam fazendo ali e o que queriam , então travam se em uma briga rápida e Enxo explica que o carro estava estragado e que uma senhora os convidaram para poder entrar no local e passar a noite já que não tinha como eles saírem com o carro quebrado, naquele instante o homem de nome Paulo diz que não morava ninquém na casa e que as únicas pessoas que ali moravam já estavam mortas vitimas de acidentes próximo a rodovia , Enzo insiste e diz que realmente alguém os tinham ajudado  e que estes os tinham convidado e que um menino acompanhava a senhora , Paulo em lagrimas segura Enzo e diz que ele não pode estar falando serio mas ao notar que não tinha nenhum sinal de arrombamento e invasão na casa começa a desconfiar do ocorrido ate que Paulo entra na casa e volta com uma foto com uma senhora , um senhor e duas crianças e pergunta se por acaso era alguma das pessoas de tal foto , Enzo então confirma e Paulo explica que as pessoas da foto morreram a anos e que eles não foram os primeiros a ser recepcionado pela senhora que Paulo se diz filho. Dizem também que ate hoje a senhora recepciona muito bem todos convidados que ficam perdidos na BR 381.

Se copiar colocar devidos créditos
Ass:Glaucow Maciel Freitas