Pular para o conteúdo principal

Destaque da Semana

O Mistério da Colônia de Roanoke

Os Maníacos de Dnepropetrovsk ( 18 + )


Conhecidos como os Maníacos de Dnepropetrovsk (Dnepropetrovsk Maniacs) pela denominação que a mídia deu aos monstros responsáveis por uma série de assassinatos em Dnepropetrovsk, na Ucrânia, nos meses de junho e julho de 2007
    
                                            " No inicio eram apenas animais "


Conhecidos como os Maníacos de Dnepropetrovsk (Dnepropetrovsk Maniacs) pela denominação que a mídia deu aos monstros responsáveis por uma série de assassinatos em Dnepropetrovsk, na Ucrânia, nos meses de junho e julho de 2007. O caso ganhou notoriedade devido às gravações de alguns assassinatos, que acabaram caindo na internet. Dois jovens de 19 anos, Viktor Sayenko e Igor Suprunyuck foram acusados por cometerem 21 assassinatos e Alexander Hanzha, um terceiro cúmplice, foi acusado de dois assaltos a mão armada que ocorreram antes dos assassinatos. A maioria eram mulheres e crianças, todos com requintes de crueldade - batiam nas vitimas com martelos e barras de metal até a morte e filmavam com o celular. Alguns dos vídeos dos assassinatos caíram na internet, e um dos mais notórios é o assassinato de Sergei Yatzenko. Partes do vídeo se tornaram  virais conhecidos como 3 Guys 1 Hammer, um trocadilho com outro famoso vídeo de choque, 2 Girls 1 Cup. Alguns usuários do YouTube postaram as gravações de suas reações enquanto assistiam ao vídeo

Sobre os Assassinos:

Os seriais killers Igor Suprunyuck e Viktor Sayenko, se tornaram amigos na idade de 14 anos na escola em Dnepropetrovsk, na Ucrânia, junto com um terceiro rapaz, Alexander Hanzha. O trio logo descobriu que eles tinham uma coisa específica em comum: um desejo de superar seus medos. Suprunyuck e Sayenko temia alturas, e Hanzha sangue, e todos eles tinham medo de ser espancados por valentões. Seus esforços para se tornarem mais corajoso começou inocentemente com atividades como se pendurado de varandas, mas evoluiu para torturar e mutilar os cães, gatos e outros animais. Os assassinatos parecem ter sido a maneira de Suprunyuck e Sayenko de combater o medo das pessoas.

Após a formatura, eles começaram a sair juntos e Suprunyuck a roubar as pessoas. Hanzha foi preso por acusações não relacionadas antes da matança começar. Ele não participou dos assassinatos, mas foi condenado por participação em um dos roubos. Hanzha viria a denunciar a tortura de seus amigos aos animais, apesar de que a atividade em especial foi supostamente destinado a ajudá-lo a superar seus medos de sangue e de ferir os animais. O caso é notável que o trio, duo mais tarde, gravou a maioria de suas obras, incluindo os horrores que perpetravam em suas vítimas humanas e animais. Apesar dessa evidência, os jovens e suas famílias insistem que eles são completamente inocentes. Eles dizem terem sido enquadrados em uma conspiração para proteger os verdadeiros assassinos: altamente colocados, pessoas poderosas que estão acima da lei. 

Os Assassinatos:


Os dois primeiros assassinatos ocorreram na noite do dia 25 de junho de 2007. A primeira vítima foi Ekaterina Ilchenk, uma mulher de 33 anos que voltava para casa depois de tomar um chá com o namorado. Segundo confissão de Sayenko, ele e Sprunyuck haviam "saído para passear". Suprunyuck tinha um martelo. Foi ele quem deu golpes na cabeça de Ilchenk. O corpo dela foi encontrado pela mãe às 5 da manhã.

Três horas depois do primeiro assassinato, os garotos atacaram uma segunda vítima, Roman Tatarevich. Ele dormia em um banco perto do local onde havia sido feita a primeira vítima. A cabeça dele foi brutal e repetidamente golpeada com objetos tão pesados que seu rosto ficou irreconhecível.

Em 1º de julho, mais duas vítimas, Evgeniya Grischenko e Nikolai Serchuk foram encontrados mortas na cidade vizinha de Novomoskovsk.

Na noite de 6 de julho, mais três pessoas foram assassinadas em Dnepropetrovsk. O primeira foi o militar Egor Nechvoloda, que havia se alistado há pouco tempo. Ele foi espancado até a morte enquanto voltava para casa depois de ter ido a uma boate. Sua mãe encontrou o corpo pela manhã, próximo ao edifício de apartamentos na Rua Bohdan Khmelnystsky.

Elena Shram, uma guarda noturna de 28 anos, também havia sido morta perto de uma esquina na Rua Kosiora. Segundo a confissão de Sayenko, Shram caminhava até eles, quando Suprunyuck lhe bateu várias vezes com o martelo que estava escondido debaixo da sua camiseta, até que ela caiu no chão. Ela levava uma bolsa com roupas, que ele pegou e abriu, pegando algumas das roupas para limpar o martelo. Na mesma noite, mataram uma mulher chamada Valentina Hanzha (que não tinha parentesco com o terceiro cúmplice, Alexanbder Hanzha).

No dia seguinte, 7 de julho, dois garotos de 14 anos que eram vizinhos, foram atacados à luz do dia enquanto pescavam. Um do dois, Andrei Sidyuck, foi assassinado, mas o outro, Vadim Lyakhov, conseguiu escapar.

No dia 12 de julho, um homem de 48 anos chamado Sergei Yatzenko, desapareceu depois de sair com sua bicicleta. O corpo foi encontrado quatro dias depois, com sinais claros de ataque selvagem. O assassinato foi gravado pelos próprios assassinos. As filmagens vazaram na internet e o vídeo fficou conhecido como 3 Guys 1 Hammer.

Outros treze assassinatos se seguiram a esses, com a maioria dos corpos encontrados no mesmo dia. Pelo que parece, todas as vítimas foram escolhidas por acaso, ainda que fossem sempre frágeis ou estivessem debilitadas, como mulheres, crianças, idosos, mendigos ou pessoas embriagadas.

A maioria das vítimas foram assassinadas com objetos pesados como martelos e barras de aço. Batiam na cara, deixando as faces das vítimas totalmente desfiguradas e irreconhecíveis. Muitas vítimas foram torturadas e mutiladas. Não houve abuso sexual em nenhum caso. Em alguns deles, as vítimas tiveram os celulares roubados entre outros pertences para serem vendidos.

Os assassinatos se estenderam a um grande raio que ia além da cidade de Dnepropetrovsk. Alguns foram feitos em áreas dentro do distrito (oblast) onde se localizava a cidade.

Sobre 3 Guys 1 Hammer:

                 " Assassinato de Sergei Yatzenko - 3 Guys 1 Hammer"

O homem cujo assassinato é registrado no vídeo que vazou na internet, foi identificado como Sergei Yatzenko da vila de Taromskoye. Seu assassinato ocorreu no dia 12 de julho de 2007, e seu corpo foi encontrado em 16 de julho. Yatzenko tinha 48 anos, era casado e tinha dois filhos e um neto. Ele também tinha uma mãe com deficiência a quem ele cuidava. O fato de que o assassinato de Yatzenko foi registrada em vídeo era desconhecido do público até uma sessão de tribunal em 29 de outubro de 2008. O vídeo não editado do assassinato foi mostrado como parte de uma grande apresentação pelo Ministério Público, provocando um grande choque na platéia. O tribunal concordou com a acusação de que o vídeo era genuíno, que mostra Igor Suprunyuck atacando a vítima e que Viktor Sayenko era o homem por trás da câmera.

Em 11 de fevereiro de 2009, os três foram declarados culpados. Suprunyuck e Sayenko estão em prisão perpétua e Hanzha recebeu 9 anos de prisão. Os advogados de Suprunyuck e Sayenko declararam que recorrerão às acusações.


As investigações:

""
" Um dos garotos fazendo saudação nazista "

Não relacionaram os assassinatos realizados até 7 de julho com o ataque aos garotos em Podgorodnoye. Vadim Lyakhov, o sobrevivente, foi inicialmente preso, suspeito de assassinar o amigo. Não permitiram a ele pedir um advogado e foi espancado pela polícia durante o interrogatório. De qualquer forma, averiguaram rapidamente que ele não era o culpado pela morte de Andrei Sidyuck, e que esse assassinato estava relacionado ao recente massacre. Lyakhov ajudou a polícia fazendo o retrato falado dos culpados.
Vários dias depois, no dia 14 de julho, uma mulher de 45 anos chamada Natalia Mamarchuck estava conduzindo seu scooter no povoado vizinho de Diyovka. Quando passava por uma área arborizada, dois homens correram até ela e a derrubaram. Então tiraram uma arma pesada, possivelmente um martelo ou um cano, e golpearam-na até a morte. Quando ela parou de se mexer, no chão, os homens subiram na scooter e fugiram. O ataque foi visto de uma certa distância por várias pessoas do lugar. Tentaram persegui-los, mas logo perderam as pistas. Duas crianças também viram o ataque de perto, escondidos a alguns metros de onde Mamarchuck foi assassinada. Eles deram uma detalhada descrição dos assassinos que coincidia com o que Lyakhov havia falado anteriormente. Um grupo de investigação foi rapidamente criado em Kiev, liderado pelo investigador criminal Vasily Paskalov. Cerca de 2 mil investigadores trabalharam no caso.
A princípio a investigação foi feita em segredo. Sem informações oficiais acerca dos assassinatos e as pessoas não foram avisadas sobre possíveis ataques tampouco foram descritos os suspeitos. Ainda assim, rumores do assassinato mantiveram as pessoas em suas casas por várias noites. Os investigadores distribuíram alguns retratos dos suspeitos e listas de propriedades roubadas para as casas de empenho locais. As propriedades roubadas começaram a aparecer nas casas de empenhoda cidade do distrito de Leninskiy. A combinação dos retratos e as propriedades roubadas encontradas guiaram as autoridades até os suspeitos.

Motivação das mentes psicopatas:


A acusação não estabeleceu um motivo específico por trás dos assassinatos. A imprensa local informou que os assassinos tinham um plano para ficarem ricos a partir dos vídeos de assassinatos que eles gravavam - conhecidos como Snuff Films. Uma das namoradas dos suspeitos informou que eles estavam planejando fazer vídeos de quarenta assassinatos. Esse fato foi confirmado por um antigo colega dos suspeitos, pois muitas vezes, ele ouviu o Suprunyuck entrar em contato com um desconhecido "operador de um site rico estrangeiro" que ordenou quarenta vídeos de mortes e pagaria uma grande quantidade de dinheiro caso fossem feitas. Mas algumas autoridades do caso acreditam que eles estavam fazendo isso como um hobby, para ter uma coleção de memórias quando ficassem velhos e que para esses jovens, o assassinato era como entretenimento ou caça.

Aqui temos dois vídeos o popular 3 guys, 1 hammer e a mutilação de uma garota. Peço que se não tiver bem psicologicamente e não agüentar imagens realmente chocantes e agressivas, por favor não veja. Obrigado.


Link ( 3 guys, 1 hammer ) : http://runthegauntlet.org/view/Three-guys,-One-Hammer

Link ( Mutilação de uma garota ) : http://www.liveleak.com/view?i=3e6_1305649406


FONTE : http://showdomedo.blogspot.com.br/2013/10/os-maniacos-de-dnepropetrovsk-3-guys-1.html




Comentários

  1. Namoral trairagem com a população
    Mata uma garota indefesa assim e tiração se eu tivesse lá com uma arma teria mudado essa história

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ia fazer merda nenhuma os cara ia te arregaçar

      Excluir
    2. Ai você estaria no mesmo nivel deles

      Excluir
    3. toma no teu cu seu filho da puta, entao quer dizer q o cara pode matar tua mae com uma vassoura no cu e tu n vai matar ele se tiver chance pq vai ficar igual a ele? tu tinha q morrer mesmo

      Excluir
    4. é mano vai tomar no cu esses arrombados tem que é ser mandados pra cadeira elétrica ou serem crucificados, depois passar a pós vida inteira no inferno

      Excluir
    5. se eu tivesse armado também ia descarregar o pente na cabeça desses filhos da puta se fuder mano e tem arrombado que ainda apoia

      Excluir
  2. Cadê o vídeo Man, tô curioso caraa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Basta clicar no link que vai de direcionar para o vídeo, não posso publicar diretamente. Espero a compreensão, obrigado.

      Excluir
  3. Percebi que n fui o unico a pesquisar em pleno 2019 ksksksks

    ResponderExcluir
  4. Carai Man KKK rindo de nervoso
    Esses aí são os verdadeiros pescotapas

    ResponderExcluir
  5. Alguém veio depois de ver fatos desconhecidos?

    ResponderExcluir
  6. Alguém veio depois de ver no fatos desconhecidos?

    ResponderExcluir
  7. não senti nada vendo esse vídeo...


    Sou desumano?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tbm não senti nada. esse é um dos casos que mais gosto de ler e principalmente ver os vídeos e imagens que eles fizeram. mas acho uma covardia matar animais e crianças e sim, se as pessoas estivessem com uma arma poderiam muito bem se defender..

      Excluir
    2. Compartilho da mesma opinião que a sua.

      Excluir
    3. Cada pessoa tem uma resistência diferente.
      Se vocês resistem a isto, usem essa habilidade para servir.
      Procurem trabalhos em que isto seja exigido.
      É assim que se encontra sua vocação

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Mas que desgraça, mano uns caras desses devem ser condenado a morrer da mesma maneira que mataram, não vejo problema em bate todos esses desgraça

    ResponderExcluir
  10. Vim pelo canal fatos desconhecidos kkkkk

    ResponderExcluir
  11. Quem não sente nada é de fato um psicopata ou sociopata, não quer dizer que vc mataria cruelmente como eles, até pq a maioria tem o que perder, mas se vc não sente nada em ver um homem comum que poderia ser seu pai, seu tio ou um grande amigo sendo assassinado com marteladas vc tem sim problemas psicológicos graves, procure ajuda.

    ResponderExcluir
  12. Desculpem mas, eu ri quando eles estavam cutucando a cara dele com aquilo, o que parecia ser uma chave de fenda ou algo do tipo, quando ele pôs a mão no rosto eu ri e pensei: o que esse filho da puta fez, hien?

    ResponderExcluir
  13. Vim só pelo canal fatos desconhecidos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Top 5 de Maio

Um Lunático e um Picador de Gelo (Luka Rocco Magnotta) 18+

Luka Rocco Magnotta (nascido Eric Clinton Kirk Newman; 24 de julho, 1982) é um ator pornográfico e modelo acusado de matar e desmembrar Lin Jun, um estudante chinês, e mandar vários de seus pedaços por correio para escritórios de partidos políticos canadenses e para escolas elementares de outra província.
Após o vídeo mostrando o assassinato ser publicado, primeiramente, em Fóruns da Deep Web (o vídeo ficou conhecido como "1 Lunatic 1 Ice Pick"), porém hoje em dia o vídeo já pode ser facilmente encontrado em sites especializados em terror Gore, Magnotta fugiu do país, tornando-se motivo para uma “Nota Vermelha da Interpol”, e assim iniciando uma verdadeira caçada internacional. Ele foi preso em 4 de Junho de 2012 em uma Lan House em Berlin, enquanto lia notícias a respeito de si mesmo.



   Luka Rocco Magnotta
Nascido em Scarborough/Ontario, foi criado pelos avós. Mudou o nome para “Luka Rocco Magnotta”, após fazer inúmeras cirurgias plásticas por não estar satisfeito com a própr…

Phineas e Ferb - A Teoria

Olá pessoal, tudo bem? Esse dias eu estava navegando na internet e achei um textinho aonde dizia que o famoso desenho chamado "Phineas e Ferb" é uma história real. Como isso me chamou atenção, resolvi pesquisar e encontrei um texto maior, porém ele foi traduzido no google tradutor e foi bastante difícil de entender. Como eu sou boazinha, eu arrumei o texto e facilitei ele para a leitura. E agora, confiram a verdadeira história:
"No ano de 1993 em uma casa humilde, viveu uma garota chamada Candace Flynn, que tinha esquizofrenia. Quando Candace era apenas uma criança, seus pais se divorciaram, deixando aos cuidados da sua mãe que nunca foi de dar muita atenção a ela. Ao nascer seu irmão Phineas, que sofre de hiperatividade e Ferb seu meio-irmão, que nasceu com um caso grave de retardo mental, que entre outras coisas o impede de falar, as coisas foram de mal a pior para o desenvolvimento de Candace, fora a sua imaginação... a jovem sempre imaginava seus irmãos construindo “…

La Pascualita ( A Filha Noiva Embalsamada ) Será ?

Uma loja de noivas na cidade de Chihuahua, no México, tem uma manequim polêmica, que tem dado o que falar. Nomeada La Pascualita, a imagem exposta na vitrine está no mesmo local há 75 anos e, desde então, vem tirando o sono de muitos curiosos, afinal La Pascualita não é apenas uma boneca, mas o retrato de uma lenda urbana que parece ter grandes chances de ser verdade. 



Os moradores locais afirmam com certeza: a manequim é um corpo embalsamado e seria a filha do dono, morta há algumas décadas. Quem chegou a conhecer a filha do proprietário da loja afirma que ela era idêntica ao manequim da vitrine. Segundo relatos dos moradores locais, a jovem teria morrido tragicamente no dia de seu casamento depois de ser picada por uma aranha viúva-negra.                                                                   " Matéria em vídeo " A história se tornou popular em todo o mundo e muitas pessoas viajam até Chihuahua só para ver a Pascualita. Há até aqueles que dizem já ter visto a maneq…

4# Assassino do Xadrez - 1974 até Atualmente (Psicopatas, Maniacos e Assassinos)

O russo Alexander Pichushkin fez de sua vida um tabuleiro de sadismo e assassinatos, vitimando mais de 40 pessoas.
Nascido em Mytishchi, na Rússia, em abril de 1974, foi ferido na cabeça após ser atingido na cabeça após ser atingido na testa por um balanço quando brincava num parque. Especialistas apontaram que o acidente pode ter sido responsável por sua agressividade.
Na infância, sofreu bullying de seus colegas pela reputação de ter dificuldades de aprendizado. Seu avô percebeu que a deficiência não passava de um engano, descobriu que o neto tinha grande inteligência e resolveu ensina-lo a jogar xadrez.
Ficou viciado no jogo, tornando-se um exímio enxadrista. Treinava todo dia no parque de Bittservsky com senhores de meia-idade. Em 1991, quando Alexander tinha 17 anos, seu avô morreu. A frustração serviu de estopim para uma drástica mudança de comportamento.
Nos meses seguintes á morte do avô começou a beber muita vodca. Ele jogava xadrez embriagado, mas o álcool não afetava suas habi…